Instituto Crescer Legal é tema de audiências com TST e OIT em Brasília

Abril 2017 – As atividades do Instituto Crescer Legal foram tema de audiências promovidas em Brasília no dia 17 de abril, com o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Lelio Bentes Corrêa, e com o diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Peter Poschen. O diretor presidente do Instituto, Iro Schünke, e o diretor administrativo, Sérgio Rauber, apresentaram as ações do Programa de Aprendizagem Profissional Rural e entregaram o Relatório Institucional 2016 com os resultados alcançados em dois anos de atividades.

O Programa de Aprendizagem Profissional Rural, primeira grande ação do Instituto, abrange as cidades gaúchas de Candelária, Santa Cruz do Sul, Vale do Sol, Venâncio Aires e Vera Cruz. Adolescentes com idades compreendidas entre 14 e 18 anos são o público-alvo que compõe cinco turmas. Atualmente, os quase 100 jovens aprendizes rurais envolvidos participam das atividades do curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” no contraturno escolar e recebem salário proporcional a 20 horas semanais, além de certificação e demais direitos de acordo com a Lei de Aprendizagem, com atividades teóricas e práticas em gestão realizadas nas suas comunidades.

Schünke aproveitou os encontros para formalizar o convite de vir ao Rio Grande do Sul conhecer in loco as ações promovidas com os jovens aprendizes. Ambos demonstraram interesse em conhecer mais o programa e demonstraram entusiasmo com o formato inovador e com a possibilidade de qualificar também os jovens rurais sem que para isso eles precisem sair de suas localidades de origem. “Fomos muito bem recebidos e acreditamos que o Instituto causou uma boa impressão por apresentar alternativas efetivas aos nossos jovens rurais e ser um modelo que possibilita o combate ao trabalho infantil no campo”, avalia Schünke.

SAIBA MAIS – No próximo domingo, 23 de abril, o Instituto Crescer Legal completa seu segundo ano de atividades com muito a comemorar. Iniciativa do SindiTabaco e suas empresas associadas, a entidade tomou forma com o apoio e adesão de pessoas envolvidas com a educação e com o combate ao trabalho infantil, em especial em áreas com plantio de tabaco, na Região Sul do País. A meta: oferecer subsídios para que o jovem permaneça e se desenvolva no meio rural e, ao mesmo, tempo oportunidades para combater o trabalho infantil no campo. As principais ações do Instituto foram compiladas em um relatório institucional, disponível no site www.crescerlegal.com.br.

Contato com a Imprensa:

MSLGROUP Andreoli
Camila Holgado – camila.holgado@mslgroup.com – (11) 3169-9322 / (11) 96477-2701
Eliana Stülp Kroth – eliana.stulp@mslgroup.com – (51) 3713-1777 / (51) 9708-5539
Renato Fugulin – renato.fugulin@mslgroup.com – (11) 3169-9318
www.mslgroupandreoli.com.br